Meu Reverso #4anos


Nossa, parece que foi ontem que eu vi materializar o livro criado na garra e na coragem, como toda edição independente. Valeu à pena. Até hoje, MEU REVERSO* só me dá alegrias. Nesses quatro anos de surgimento, já perdi o controle dos meus versos, o que para mim significa a consagração. A poesia não deve ser aprisionada a quem a cria, o pertencimento é a quem ela chega. A publicação não é um best seller, longe disso, não está nas prateleiras das grandes livrarias, não foi acatado por qualquer rede distribuidora. Porém, centenas de exemplares estão circulando por este mundão afora. MEU REVERSO criou asas e voou. É de uma satisfação imensa ouvir um dos meus poemas na voz de outrem. Me surpreende, me emociona, me transbordo de vaidade. Sempre me pergunto, até mesmo quando me ouço: foi eu mesma quem versou quais rimas (ou a falta delas)? Para alguns belos, para outros, bobos. Dou de ombros e sigo reversando.


*MEU REVERSO - Finalista do I Prêmio Maria Firmina de Literatura, 2021, categorIa Poesia


O SORRISO DA BELA SENHORA pg. 27


Tem dia que a saudade chega com a força

do mar revolto quando bate nas rochas

cravadas de mariscos:

arranha em talhos profundos

arranca sangue

deixa a pele cravejada de espinhos


no outro dia, a saudade é leve como a memória

da bela senhora que já perdeu todos os seus amores

e vive a olhar as lembranças através da janela

carrega um sorriso quieto no canto da boca

tem dia que a saudade avança com a velocidade

de um salto livre do alto de despenhadeiro

rumo ao vazio em noite de lua cheia e mar manso

o som do fim da queda se espalha além das estrelas


no outro dia, a saudade é música que embala os pássaros

levada pelo vento cor de rosa alegre como na tarde em

que desenhei seu nome ao lado do meu com um coração

flechado entre nós como promessa de amor eterno

e foi

se foi

se fosse.


*Atenção editoras:

Adoraria fazer uma parceria para um novo lançamento autoral, de poesia, crônicas e contos. Vamos conversar?

.

.


Posts recentes

Ver tudo

Deixe seu comentário

 
Assine aqui para receber os novos textos!

Obrigado pelo envio!