top of page

Deixem as nossas praias em paz!


É sério que vamos deixar passar batido essa insana proposta de emenda à Constituição, que retira da União (Marinha) a guarda e zelo da costa marítima brasileira e deixa nas mãos dos prefeitos o controle de nossas praias? A saber como funciona o jogo politico na maioria das prefeituras no Brasil já dá para se ter uma ideia no quê isso vai dar.


A tal PEC 03/2022 já passou na Câmara dos Deputados e está em discussão no Senado. O relator lá é, pasmem, Flávio Bolsonaro, que obviamente já deu parecer favorável. A PEC 03, nas suas entrelinhas, permite a PRIVATIZAÇÃO E CERCAMENTO DAS PRAIAS. Cercas, cancelas, pedágios.


Vem aí um novo tipo apartheid. As empreiteiras e construtoras já se coçam para explorar a orla brasileira com suntuosos resorts e condomínios de luxo. Comunidades tradicionais que vivem da pesca podem desaparecer. O pequeno comerciante e ambulantes serão expulsos das areias. O lazer bucólico embaixo de barracas, pé atolado na areia, cervejinha, jogar conversa fora estirada na canga e aplaudir por do sol, será banido. A população local, com certeza, será empurrada para longe das vistas da elite de veraneio. Favelização.


A PEC DAS PRAIAS é um desastre social, econômico, e emocional. Crime contra o meio ambiente. Racismo ambiental. Segregação.


Bora, gente, deixar esse embuste ir adiante não. Vamos marcar posição no site do Senado (link abaixo) e encher nossas páginas das redes sociais de belas praias e momentos preciosas à beira mar, para lembrar aos abutres que a orla brasileira não tem dono, é um espaço sagrado de livre navegar.


Consulta Pública:


*imagens: elisa mattos  


Bahia 30/05/2023 Praia da Espera, Itacimirim, município de Camaçari







0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Deixe seu comentário

Âncora 1
Assine aqui para receber os novos textos!

Obrigado pelo envio!

bottom of page