Bras√≠lia pega fogo ūüĒ•

Atualizado: 5 de Out de 2020



Registro da janela, firme e forte no isolamento social, do dia mais quente no DF em 2020:

a temperatura chegou a 35,6¬ļ e a umidade do ar caiu para 11%. A primavera chegou, as cigarras ainda n√£o est√£o cantando por aqui, a chuva deu uma ensaiada mas tornou a sumir, a grama t√° esturricada mas as √°rvores minhas vizinhas j√° come√ßam a se vestir de verde. V√°rios estados brasileiros sofrem com a seca e os inc√™ndios criminosos. O Pantanal arde em chamas, comunidades ind√≠genas est√£o em desespero, pequenos agricultores perderam tudo. A pandemia n√£o d√° tr√©gua, o sistema de sa√ļde √© falho, o Covid continua matando centenas de cidad√£os por dia, a maioria, pobres, pretos e da periferia. Os abonados continuam na farra, dan√ßando na cara do v√≠rus. Os desempregados e abandonados, continuam nas filas da Caixa e do INSS, tentando receber um aux√≠lio minguado ou serem atendidos por um m√©dico-per√≠to. A categoria se recusa a atender nos postos alegando falta de condi√ß√Ķes de trabalho, mas tem m√©dico que libera o atestado no consult√≥rio particular. O Brasil desmorona e o governo, √ď!

6 visualiza√ß√Ķes

Posts recentes

Ver tudo

Deixe seu comentário